Rede de Arbitragem de Consumo

RAL

A entrada em vigor da Lei 144/2015, de 8 de Setembro, veio criar para os agentes económicos em geral obrigações relativamente aos meios alternativos de resolução de conflitos de consumo, designadamente:
– Os fornecedores de bens ou prestadores de serviços estabelecidos em território nacional devem informar os consumidores relativamente às entidades de RAL disponíveis ou a que se encontram vinculados por adesão ou por imposição legal decorrente de arbitragem necessária, devendo ainda informar qual o sítio eletrónico na Internet das mesmas.
– As informações a que se refere o número anterior devem ser prestadas de forma clara, compreensível e facilmente acessível no sítio eletrónico na Internet dos fornecedores de bens ou prestadores de serviços, caso exista, bem como nos contratos de compra e venda ou de prestação de serviços entre o fornecedor de bens ou prestador de serviços e o consumidor, quando estes assumam a forma escrita ou constituam contratos de adesão, ou ainda noutro suporte duradouro.

Arbitragem de Consumo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Por favor insira os caracteres que observa na imagem:

Please type the characters of this captcha image in the input box:

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor insira os caracteres que observa na imagem:

Please type the characters of this captcha image in the input box:

Please type the characters of this captcha image in the input box

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

English English Português Português